RESULTADOS DE EXAMES

ON LINE



PRÉVE EM AÇÃO

ARTROSE



Data:14/01/2015
Fonte: MINHA VIDA

O que é Artrose?

A artrose, também chamada de osteoartrite, é uma doença que ataca as articulações promovendo, principalmente, o desgaste da cartilagem que recobre as extremidades dos ossos, mas que também danifica outros componentes articulares como os ligamentos, a membrana sinovial e o líquido sinovial. A cartilagem articular tem por função promover o deslizamento, sem atrito, entre duas extremidade ósseas durante o movimento de uma articulação. Seu comprometimento pode gerar dor , inchaço e limitação funcional. Apesar de poder danificar qualquer junta do corpo, a artrose afeta mais comumente as articulações das mãos, da coluna, joelhos e quadris.

A artrose piora progressivamente com o tempo, e não existe cura. Mas os tratamentos podem retardar a progressão da doença, aliviar a dor e melhorar a função articular.

 
Artrite e artrose causam problemas nas articulações do corpo - SAIBA MAIS

 

Segundo dados do Ministério da Saúde, a artrose atinge 15 milhões de pessoas no Brasil. Além disso, a Organização Mundial de Saúde (OMS) afirma que a artrose é a quarta doença que mais reduz a qualidade de vida para cada ano vivido.

Causas

A artrose pode ser primária ou secundária.

A artrose primária ocorre principalmente devido ao uso excessivo de uma articulação, mas também pelo envelhecimento natural do indivíduo. O uso repetitivo das articulações ao longo dos anos causa danos à cartilagem, que leva a dor nas articulações e inchaço. Com o passar dos anos, o fluído que existe entre as articulações (líquido sinovial) se degenera, bem como a cartilagem que recobre esse líquido, chamada de membrana sinovial. O uso repetitivo das articulações ao longo dos anos causa danos à cartilagem, que leva a dor nas articulações e inchaço. Em casos avançados, há uma perda total da cartilagem que envolve as extremidades ósseas nas articulações. Isso provoca o atrito direto entre os ossos, causando dor e limitação da mobilidade articular.

Danos à cartilagem também pode estimular calcificações em alguns pontos em torno das articulações, formando os osteófitos, que são também chamados de bicos de papagaio quando acometem a coluna. A artrose primária frequentemente pode ser encontrada em vários membros da mesma família, o que sugere que ela possa ter características hereditárias.

Já a artrose secundária é uma consequência de doenças ou condições que a pessoa tenha. Problemas que podem levar a artrose secundária incluem obesidade, trauma repetido ou cirurgia das estruturas articulares, articulações anormais no nascimento (anomalias congênitas), gota, artrite reumatoide, diabetes e outros distúrbios hormonais.

Fatores de risco

Fatores que aumentam o risco de osteoartrite incluem:

 

  • Idade avançada: o risco de artrose aumenta com a idade
  • Sexo: mulheres são mais propensas a desenvolver artrose, embora não seja claro o porquê
  • Deformidades ósseas: algumas pessoas nascem com articulações malformadas ou cartilagem defeituosa, o que pode aumentar o risco de osteoartrite
  • Lesões nas articulações: ferimentos que acontecem na prática de esportes ou em acidentes, por exemplo, podem aumentar o risco de artrose
  • Obesidade: carregar mais peso corporal coloca pressão adicional sobre as articulações que suportam o peso, como joelhos
  • Certas profissões: se o seu trabalho inclui tarefas que envolvem esforço repetitivo em um conjunto particular, essa articulação pode, eventualmente, desenvolver artrose. Alguns exemplos são pedreiros ou atletas
  • Outras doenças: diabetes, hipotireoidismo, gota ou doença de Paget do osso podem aumentar o seu risco de desenvolver artrose

 

Sintomas

Sintomas de Artrose

A artrose é uma doença das articulações. Ao contrário de muitas outras formas de artrite, tais como artrite reumatoide e lúpus sistémico, a artrose não afeta outros órgãos do corpo.

 

  • O sintoma mais comum da artrose é a dor nas articulações afetadas. A dor articular geralmente piora no final do dia
  • Inchaço, calor, rangidos e limitação dos movimentos nas articulações afetadas também são sintomas comuns
  • Rigidez articular também pode ocorrer após longos períodos de inatividade, por exemplo, quando o indivíduo permanece sentado em uma cadeira.

 

A intensidade dos sintomas da artrose varia muito de paciente para paciente. Alguns pacientes podem ficar debilitados por seus sintomas. Por outro lado, outros podem ter poucos sintomas, apesar de degeneração das articulações observada na radiografia. Os sintomas também podem ser intermitentes. Não é incomum para os pacientes com artrose das mãos e dos joelhos passar anos sem apresentar sintomas.

A artrose do joelho é frequentemente associada com obesidade, histórico de lesões repetidas e/ou cirurgia articular. Nos joelhos, a artrose pode levar a desvios chamados popularmente de pernas em alicate, quando o desvio é para fora, ou joelhos em “X”, quando o desvio é para dentro.

A artrose da coluna vertebral causa dor no pescoço, no dorso ou na região lombar. Os bicos de papagaio que se formam ao longo da espinha podem irritar os nervos espinhais, causando dor, dormência e formigamento nos membros superiores ou nos membros inferiores, dependendo da sua localização.

Quando afeta os dedos das mãos, a artrose provoca a formação de nódulos duros nas pequenas articulações, causando deformações. O surgimento desses nós nos dedos auxilia no diagnóstico de artrose.

 
 
OUTRAS POSTAGENS

Aceitamos pagamento em cartão

Matriz
Rua Eugênio Pagnan, Nº 12 - CENTRO - MORRO DA FUMAÇA/SC
Fone/Fax: (48) 3434-1524
Atendimento das 6:50 às 17:30hs

Filial
Rua Jorge Meneguel, Nº 688 - sala 02 - ESTAÇÃO COCAL - MORRO DA FUMAÇA/SC
Fone: (48)9681-5237.
Atendimento das 7:00 as 10:30hs

E-mail: contato@laboratoriopreve.com.br

LABORATÓRIO PRÉVE 2016 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS